LG lança Optimus G para concorrer com iPhone 5 e Galaxy S III

Publicidade

A sul-coreana LG está disposta a entrar na briga pelo mercado de smartphones de alta capacidade com o novo Optimus G, aparelho apresentado à imprensa nesta terça-feira (18), em Seul, na Coreia do Sul.

O aparelho compatível com redes de banda larga móvel de quarta geração (4G) pela tecnologia LTE, além das redes 3G e 2G, é baseado no processador de quatro núcleos Snapdragon S4 Pro, da Qualcomm e roda no sistema operacional Android 4.0.

A tela retina de 4,7 polegadas (11,9 centímetros na diagonal) com resolução de 1280 x 768 pixels inclui a função “cross-tasking”, que permite ao usuário visualizar duas tarefas, simultaneamente. O recurso “dual play” exibe conteúdos na TV, com um conector sem fio, enquanto o usuário realiza outra tarefa no smartphone. Já o “live zooming” permite ampliar a imagem até cinco vezes durante a reprodução de um vídeo.

A câmera principal tem resolução de 13 megapixels (MP) e conta com cinco lentes, assim como no iPhone, enquanto a frontal oferece 1,3 MP de resolução. A capacidade de armazenamento é de 32 gigabytes (GB) e a memória de 2GB.

Aparelho com tela retina de 4,7 polegadas possui sistema Android 4.0  (Foto: Daniela Braun/G1)
Aparelho com tela retina de 4,7 polegadas possui sistema Android 4.0 (Foto: Daniela Braun/G1)

Outra novidade chamada “link de aplicações” permite ao usuário configurar aplicativos como previsão do tempo, calendário e e-mails para serem abertos assim que o despertador for desativado, para se conectar rapidamente ao acordar.

Com o novo chip e pesquisas de sua divisão química, a LG Chem, a fabricante procurou reduzir o consumo de energia do aparelho, elevando o tempo de duração em até 20%, dependendo do uso. Com uso de serviços de voz, o smartphone dura até 15 horas.

A novidade chega às lojas da Coreia do Sul no final de setembro e nos países que oferecem banda larga 4G, como Japão e Estados Unidos, em outubro. O preço sugerido para o mercado sul-coreano é de 1 milhão de wons (R$ 1.796) sem o subsídio das operadoras. Ainda não há previsão de lançamento do aparelho no Brasil já que as redes 4G começam a ser implantadas em algumas cidades a partir de abril de 2013.

Função “link de aplicações”permite que usuário configure aplicativos que serão abertos logo após desativar o despertados pela manhã, como previsão do tempo, notícias e e-mails (Foto: Daniela Braun/G1)
Função “link de aplicações”permite que usuário configure aplicativos que serão abertos logo após desativar o despertador pela manhã, como previsão do tempo, notícias e e-mails (Foto: Daniela Braun/G1)
Publicidade

No design, o Optimus G se assemelha aos concorrentes da Apple e da Samsung. O dispositivo pesa 145 gramas e mede 13,19 centímetros de altura por 6,89 cm de largura com espessura de 8,45 milímetros.

Segundo a LG, o aparelho busca agradar a jovens de alto poder aquisitivo que buscam smartphones com hardware avançado, design atrativo e experiências mais práticas. O que a empresa chamou de “Estilo G” parece se conectar com o “Gangnam Style”, referência ao bairro “fashion” de Seul que se tornou hit mundial na canção do músico sul-coreano Psy.

Lee Sung Jin, gerente sênior da divisão de plataformas da LG Electronics Mobile Communications mostra transmissão simultânea de conteúdos diferentes no smartphone e na tela da TV. (Foto: Daniela Braun/G1)
Lee Sung Jin, gerente sênior da divisão de plataformas da LG Electronics Mobile Communications mostra transmissão simultânea de conteúdos diferentes no smartphone e na tela da TV. (Foto: Daniela Braun/G1)

Concorrência mundial
“Nosso objetivo é ter o melhor hardware e oferecer a melhor experiência de consumo. O Optimus G tem potencial de concorrência mundial” disse o presidente e CEO da LG Electronics Mobile Communications, Jong-seok Park, durante o anúncio na manhã desta terça-feira. A principal fonte de receita da LG Electronics vem da divisão Home Entertainment, que inclui televisores e eletroeletrônicos e gerou 44% das vendas da empresa em 2011. A operação de celulares e smartphones representou 22% da receita da companhia no ano passado.

O executivo que comanda a divisão de celulares da LG procurou evitar afirmações sobre os objetivos de vendas e participação de mercado da empresa com o novo smartphone. “Temos um objetivo, mas isso não significa em que posição queremos estar no ranking. A ideia é ampliar nossa participação de mercado e atender as necessidades do clientes. Certamente o Optimus G vai permitir à LG acelerar suas vendas e alcançar esse objetivo”, afirmou Park aoG1, durante o anúncio.

Lee Sung Jin compara design e resolução das telas da geração anterior do smartphone, o LG Optimus 2, com o novo Optimus G. (Foto: Daniela Braun/G1)
Lee Sung Jin compara design e resolução das telas da geração anterior do smartphone, o LG Optimus 2, com o novo Optimus G. (Foto: Daniela Braun/G1)

Dados da consultoria IDC mostram que a LG está fora do ranking dos cinco maiores vendedores de smartphones do mundo. A concorrente sul-coreana Samsung lidera o segmento com 32,6% de participação, ou 50,2 milhões de unidades vendidas globalmente, no segundo trimestre deste ano. Em segundo lugar está a Apple, om 26% do mercado, seguida pelas fabricantes Nokia (10,2%), HTC (8,8%) e ZTE (8%).

Considerando todos os modelos de celulares, a LG ficou na quinta posição entre os principais fornecedores mundiais com 3,2% de participação no segundo trimestre deste ano, reduzindo sua presença pela metade em relação ao mesmo período do ano passado, quando contava com 6.2% do mercado. A líder Samsung foi responsável por 24% das vendas mundiais de celulares no segundo trimestre. Na sequência estão as empresas Nokia, Apple e ZTE.

Matéria completa aqui…

Publicidade
Compartilhe isto

Comentários

comentários
Todo comentário ofensivo, o usuário será banido sem aviso.